Aberto nesta quinta-feira (16/02) treinamento dos profissionais do Senai-SP para expansão da TV Digital

A A A

Projeto Patrulha Digital vai estimular a migração do sinal analógico para o modelo mais atualizado com o apoio de 75 mil alunos da instituição

16/02/2017

Isabela Barros, Agência Indusnet Fiesp

Hora de digitalizar o sistema. Teve início, na manhã desta quinta-feira (16/02), na Escola Senai “Anchieta”, na Vila Mariana, na capital, o treinamento dos profissionais do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) para o projeto Patrulha Digital. Trata-se de uma parceria entre a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) e a empresa a Seja Digital, responsável pela migração do sinal analógico para o digital em todo o Brasil. O objetivo é preparar 75 mil alunos do Senai-SP para serem voluntários e orientar a população sobre o uso do sinal mais atualizado nos televisores.

A iniciativa envolve estudantes dos cursos de Eletrônica, Eletrotécnica, Refrigeração, Telecomunicações, Informática e Edificações.

Assim, foram apresentados conteúdos como o aumento de cobertura proporcionado pelo formato digital, com mais torres de transmissão, e a importância de apontar as antenas corretamente para essas estruturas, a fim de captar melhor o sinal. “É muito bom trabalhar com os profissionais do Senai-SP, que têm tanto conteúdo”, disse o engenheiro de Projetos de Telecomunicações da Rede Globo de TV, Uirá Moreno, responsável pelo treinamento. “Acima de tudo, queremos conscientizar as pessoas sobre os benefícios do uso da TV digital”.

Foto: Everton Amaro/Fiesp 
O treinamento para a formação de multiplicadores para o projeto Patrulha Digital na Escola Senai Anchieta, em São Paulo 

 

Os participantes do curso nesta quinta-feira (16/02) eram professores do Senai-SP que depois se encarregarão de passar as informações para os estudantes, que vão a campo divulgar a tecnologia nos bairros.

Entre eles, estava o coordenador técnico da escola da instituição em Mauá, Ricardo Pareschi. “É uma oportunidade de levar mais conhecimento para os nossos alunos”, disse.

Para o orientador de prática profissional na Escola Senai “Celso Charuri”, em Garulhos, José Carlos Valbão, foi ótimo ter “tirado dúvidas e aberto a visão sobre o que é TV digital”.

Na mesma linha, o também orientador de prática profissional da escola do Senai-SP em Suzano, Valdir Dantas, os alunos “estão muito interessados no tema”. “Vale a pena”, disse.

De acordo com a Seja Digital, serão distribuídos 1,8 milhão de kits com conversores, cabos e antena no projeto Patrulha Digital. O prazo para que o sinal analógico de televisão seja desligado na capital e seu entorno é o dia 29 de março.