• Cursos
  • Escolas
  • Site
  • Aprendizagem Industrial
  • Cursos Livres
  • Cursos Tecnicos
  • Faculdade
  • Pós-Graduação
  • Capital
  • Grande São Paulo
  • Interior

SENAI-SP conta com iniciativas para impulsionar o agronegócio

A A A

Soluções habilitadoras para Indústria 4.0 são destaques das entregas voltadas para o agro

25/02/2021

A indústria do agronegócio também está, cada vez mais, embarcando na revolução 4.0. Empresas e empreendedores procuram inteligência e modernização de processos, seja para a cidade ou para o campo.

E o SENAI-SP acompanha essa evolução entregando soluções compatíveis com a necessidade desse setor da economia. No dia 25 de fevereiro, é celebrado o Dia do Agronegócio, por isso, o SENAI-SP reuniu informações importantes sobre o setor e nossas contribuições de tecnologia e inovação. Confira!

 

Agro no Brasil 

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio cresceu 2,37% em novembro do ano passado e chegou a uma alta acumulada de 19,66% em 11 meses (janeiro a novembro) em 2020, em relação ao mesmo período de 2019, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil e o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Segundo especialista informaram no estudo do CNA e Cepea, o PIB do agronegócio cresceu lentamente em abril e em maio, devido aos impactos negativos da pandemia sobre diferentes atividades do setor. Mas, com a forte aceleração verificada desde junho, está se concretizando como um dos melhores cenários e com possibilidade de recorde de crescimento anual.

O primeiro levantamento de 2021, com dados até janeiro, indica que o Valor Bruto da Produção (VBP) da agropecuária deverá atingir R$ 1,142 trilhão em 2021, uma alta de 15,8% quando comparado ao resultado de 2020 (R$ 987,12 bilhões).

 

SENAI-SP e o Agronegócio

No SENAI-SP, diversos cursos e iniciativas também possuem esse olhar para o agronegócio, como na área de automação, impressão 3D, meio ambiente, economia circular, alimentos, energia fotovoltaica, além de manutenção de máquinas e até mesmo aeronaves (utilizadas para fertilização de solos, por exemplo).

Nossos institutos de tecnologia e inovação, no interior paulista, também seguem atuando com assessorias e consultorias para o setor. Não é à toa que somos referência no Estado para os processos contínuos da área do álcool, em Bioenergia 4.0.

O SENAI-SP, em Sertãozinho, possui uma unidade piloto de produção de etanol com capacidade de produção de mil litros por dia. Essa infraestrutura, juntamente com os laboratórios e oficinas, nos permite treinamentos de operação, manutenção e simulação de problemáticas, voltados ao setor do Agronegócio.

Além disso, o SENAI-SP concentra diversas tecnologias habilitadoras voltadas a jornada de digitalização Usina 4.0, como realidade aumentada, realidade virtual, ações em nuvem e gêmeo digital - tecnologia que visa virtualizar um ambiente ou sistema físico para que a organização simule cenários e gere valor agregado aos negócios.

Essas entregas contribuem com o agronegócio tanto em ações de capacitação, extremamente necessárias para o desenvolvimento tecnológico, bem como com assessorias em maturidade e implantação de projetos de digitalização.

Neste 25 de fevereiro, parabenizamos todos que trabalham no agronegócio e buscam a junção de tecnologia, sustentabilidade e produtividade.