• Cursos
  • Escolas
  • Site
  • Aprendizagem Industrial
  • Cursos Livres
  • Cursos Tecnicos
  • Faculdade
  • Pós-Graduação
  • Capital
  • Grande São Paulo
  • Interior

SENAI-SP traz dicas, cursos rápidos e alguns gratuitos para quem quer entrar no ramo de alimentos

A A A

Com baixo investimento em capacitação, e em pouco tempo, é possível realizar o sonho do negócio próprio no setor. Confira!

25/08/2021

Oportunidade ou necessidade? Dois motivos que impulsionaram muita gente a começar um negócio no ramo de alimentos, no último ano.  Por conta da pandemia Covid-19, algumas pessoas precisaram se reinventar e algumas puderam investir no que gostam.

O ramo de alimentos é uma alternativa acessível e em crescimento potencial.

E o SENAI-SP conta com diversos cursos na área de alimentos, entre iniciação, qualificação e aperfeiçoamento profissional, sendo que os dois últimos com a oportunidade de cursos gratuitos. E os cursos vão desde os de curta duração, com carga horária de 12h, como o de Fabricação de Brownies e Cookies, Fabricação de Trufas e Bombons, até os de longa duração, como Padeiro e Confeiteiro, com duração de 160h. 

Transformando sonhos em oportunidades

No último ano, o SENAI-SP formou duas pessoas que transformaram suas vidas com os cursos realizados. Ana Carolina Xavier Barbosa, estudante do Técnico de Desenvolvimento de Sistemas e Laís Cristina de Souza Silva Lima, formada em Biomedicina. As amigas tiveram a ideia de vender doces, especificamente cones recheados, para conseguir complementar a renda durante a pandemia, pois estavam desempregadas. No entanto, antes de iniciar o negócio, fizeram alguns cursos no SENAI-SP, como o de confecção de cookies e brownies e de bolos caseiros.  

“Com esses cursos aprendemos como devemos, realmente, lidar com a cozinha, tanto na teoria, quanto na prática: passamos a utilizar os utensílios corretamente; produção e validade dos produtos; higienização correta, armazenamento e como evitar a contaminação dos alimentos. Tudo isso de forma clara e produtiva, graças a instrução de professores capacitados e a excelente estrutura do SENAI-SP”, discorre Ana. Além disso, os cursos que as amigas fizeram tinham curta duração (3 a 4 dias) e ainda um deles era gratuito.  

O pequeno negócio já está funcionando há mais de um ano e com boas perspectivas para o futuro. Segundo Laís, além dos cones, há a intenção de venderem brownies e bolos caseiros, que aprenderam nos cursos. “O SENAI-SP foi um importante aliado para o início de nossa carreira, assim como para o nosso crescimento profissional e pessoal. Recomendamos os cursos para qualquer pessoa que tenha interesse na área de alimentos, mesmo que não tenha experiência - assim como também não tínhamos. Vale aproveitar os cursos livres, ganhando uma familiaridade com a área, ou até mesmo se aprofundando nos conhecimentos, por meio do curso técnico”, comemora.  

Estrutura e crescimento para PMEs

Os sócios da List Alimentos: Adriana Bartho e David CardozoAlém da capacitação profissional, o SENAI-SP também apoia as pequenas e médias empresas por meio de consultoria de negócio para o setor. Uma dela foi para os sócios: Adriana Bartho, designer de joias e David Cardozo, advogado. Apaixonados por pizza e curiosos em relação às tendências do mercado, eles resolveram embarcar nesse mundo da tecnologia dos alimentos e fundaram, no ano passado, a List Alimentos, que oferece massa fresca para pizza.  

“Não tínhamos conhecimento técnico do setor e, então chegamos ao SENAI-SP, que foi decisivo em nossa caminhada. Depois de muitas conversas, a ideia foi focar em um produto que solucionasse um grande problema vivido pelas pizzarias que é a produção da massa”, informa Adriana. David conta que, após muitos testes de variações de ingredientes, estabilidade, processos de fermentação e congelamento, chegaram a um produto que trouxe a mudança que esperavam em suas vidas.  

“A empresa, hoje, caminha para a produção e comercialização de uma massa de pizza congelada com o diferencial de estar pronta para receber molho, cobertura e ir direto para p forno, pois já passou por todos os processos de preparo, fermentação e abertura. Essa grande inovação traz, para as pizzarias, a possibilidade de trabalharem com foco apenas no montar e assar suas pizzas, com um ganho de tempo considerável, sem o inconveniente de controlar a quantidade de massa a ser produzida, tempo de fermentação ou ainda ter que lidar com a falta ou sobra de massas ao final de cada dia de trabalho”, informam os sócios. Eles já estão com prósperas ampliações da List Alimentos e pretendem formatar o negócio para fazer franquias pelo Estado.  

Dicas para empreender

O universo dos alimentos está sempre aberto para novos empreendedores.

  • Para atender às demandas do mercado, é preciso conhecer o perfil do consumidor que deseja alcançar.
  • Ter uma equipe bem treinada e apta para realizar um bom atendimento e uma produção padronizada também são essenciais.
  • Conhecimentos em Boas Práticas de Fabricação e Manipulação de alimentos são fundamentais para evitar riscos na manipulação dos alimentos e na apresentação dos produtos comercializados.
  • Conhecer as exigências legais e específicas como a obtenção de alvarás, inscrições e licenças são algumas das obrigações que o empreendedor deve cumprir para abrir um comércio na área de alimentos.
  • Por último e não menos importante, o investimento em uma assessoria ou programa de gestão especializado muitas vezes auxilia o novo empreendedor a sanar dúvidas e alcançar resultados de forma mais ágil e eficiente. 


Capacitação que faz a diferença

 O SENAI-SP possui uma equipe multidisciplinar altamente capacitada para a realização de consultorias nas áreas de Desenvolvimento de Produtos, Otimização e Adequação do Processo Produtivo, Elaboração de Rotulagem de Alimentos, Consultoria Regulatória e Estudo de Vida de Prateleira de produtos alimentícios.

Para quem quer se aperfeiçoar ou aprender novas habilidades técnicas, alguns cursos como de Saladeiro, Pizzaiolo, Confeiteiro, Padeiro, Boas Práticas de Fabricação podem auxiliar o novo empreendedor a iniciar no ramo com mais segurança. Para saber quais cursos estão disponíveis na área de alimentos, basta acessar o site sp.senai.br.