• Cursos
  • Escolas
  • Site
  • Aprendizagem Industrial
  • Cursos Livres
  • Cursos Tecnicos
  • Faculdade
  • Pós-Graduação
  • Capital
  • Grande São Paulo
  • Interior

Oito em cada dez alunos da graduação tecnológica do SENAI-SP estão empregados

A A A

Áreas que mais empregaram foram Metalmecânica, Automação, Refrigeração, Eletroeletrônica e TI

30/09/2021

Segundo Pesquisa de Acompanhamento de Egressos 2019/2021 do SENAI, oito em cada dez ex-alunos da graduação tecnológica do SENAI-SP estão empregados, sendo sete a cada dez na própria área de formação.  

Além do ótimo resultado de empregabilidade dos ex-alunos da Graduação Tecnológica (86,3%), também se percebeu índices de empregabilidade de 52% entre os ex-alunos da Aprendizagem Industrial e 65,6% entre os egressos dos Cursos Técnicos. Nos cursos de qualificação, este número foi de 63%.  

Metalmecânica foi uma das áreas que mais empregou. Responsável pela ocupação de 96,5% dos egressos, ex-alunos formados da Graduação e ex-alunos do Senai-SP. Em seguida vem Automação e Mecatrônica, com 88,5%. A área de Metalmecânica também foi destaque no mercado de trabalho aos alunos da Aprendizagem e do Técnico, empregando 52,5% e 70,9% dos egressos, respectivamente.  

Nos cursos de qualificação, as áreas de destaque na empregabilidade foram Refrigeração e Climatização (78,3%); Eletroeletrônica (74,5%); e Automotiva (70,6%).  

Eletroeletrônica e Tecnologia da Informação se destacaram abrigando, no mercado de trabalho, ex-alunos dos cursos técnicos – cerca de 68,4% e 69,6%, respectivamente. 

A pesquisa destaca também, o incremento salarial. Ao comparar a renda média enquanto concluinte e depois de um ano, quando egresso, o ex-aluno de nível Técnico teve um aumento de 8,3% na renda e o de Aprendizagem Industrial, 59,2%.  

Em todos os níveis de aprendizado, a satisfação dos formados também foi ressaltada pela pesquisa e a indicação do SENAI-SP dos egressos à outras pessoas é sempre acima dos 95%, sendo quase 100% (especificamente 99,7%) no caso dos ex-alunos da Aprendizagem Industrial. Além disso, 87% dos estudantes egressos da graduação tecnológica já realizam ou pretendem realizar outros cursos no SENAI-SP.  

Já a preferência das empresas entrevistadas no estado de São Paulo, que empregaram os alunos da Graduação (18 empresas consultadas), foi de 100%, ou seja, todas dão preferência aos estudantes formados na Graduação Tecnológica do SENAI-SP na hora da contratação. Tais índices também foram ótimos nos outros níveis de aprendizagem, sendo o SENAI-SP a preferência das empresas contratantes de 91,5% aos técnicos, 94,1% aos aprendizes e 95,5% aos profissionais qualificados.  

Etapas da Pesquisa de Egressos  

A pesquisa de acompanhamento dos ex-alunos é realizada anualmente desde 1999. Ela é realizada em tre^s fases, sendo a primeira com os concluintes dos cursos; a segunda com o egresso seis meses apo´s a conclusa~o - com o objetivo de traçar sua trajetória laboral e conhecer os benefícios e as dificuldades depois da formação; e terceira com a empresa contratante do egresso SENAI, na a´rea ou em a´rea relacionada ao curso realizado.   

Em São Paulo, a primeira fase foi feita em 2019 e a segunda e terceira fases, de 1º de abril de 2020 a 30 de março de 2021. Participaram, no total, 31,6 mil pessoas - concluintes de cursos e ex-alunos - e 494 empresas contratantes.