• Cursos
  • Escolas
  • Site
  • Aprendizagem Industrial
  • Cursos Livres
  • Cursos Tecnicos
  • Faculdade
  • Pós-Graduação
  • Capital
  • Grande São Paulo
  • Interior

Em instalação cinco vezes maior do que prédio anterior, unidade do SENAI-SP é inaugurada em Paulínia

A A A

Investimento realizado na nova unidade de formação profissional é de R$ 46 milhões

26/10/2021

Alex de Souza/Ana Stella Guisso, Agência Indusnet Fiesp

"Mais do que construir prédios, você construiu condições de entregar dignidade às pessoas", disse o diretor regional do Senai-SP, Ricardo Terra, na tarde de terça-feira (26/10) ao presidente da Fiesp e do Senai-SP, Paulo Skaf, na solenidade de inauguração de mais uma nova escola da entidade, em Paulínia. O que o diretor não sabia, ao proferir suas palavras, era que em mais alguns minutos ele seria nomeado como patrono dessa unidade de formação profissional.

"Um patrono é aquele que tem uma história de vida e que algo a ensinar, alguém que tenha dedicado sua vida e faça a diferença na vida das pessoas. Por isso, nomeio aqui nosso querido diretor para denominar esta unidade", proclamou o presidente, na recém-inaugurada Escola Senai Ricardo Figueiredo Terra, que recebeu investimento de R$ 46 milhões. Desde 1995 no município, a escola do Senai-SP funcionava em espaço da prefeitura. Agora, o novo prédio, com mais de 10 mil m² de área construída, é cinco vezes maior do que a área anterior. Neste ano, a unidade matriculou 890 alunos em cursos de diversas áreas tecnológicas, tais como Automação, Manutenção Mecânica, Metalurgia, Eletroeletrônica, Química e Segurança do Trabalho.

Em nível Técnico são oferecidos os cursos de Química e Segurança do Trabalho, e em fase de implantação o curso Técnico de Automação Industrial. Na modalidade de Aprendizagem Industrial há cursos de Caldeireiro, Eletricista de Manutenção Eletroeletrônica, Eletricista Industrial e Mecânico de Manutenção. Completam o catálogo diversos cursos de Formação Inicial e Continuada, em todas as áreas ofertadas.

O novo prédio tem laboratórios de Química Geral e Inorgânica, Química Orgânica, Preparação de Amostras, Cromatografia, Espectrometria, Incubação e Fermentação, Microbiologia e Operações Unitárias. Na área de Automação são seis ambientes: Instrumentação Básica e Avançada, Áreas Classificadas, CLP e Redes, Simulação de Processos e Laboratório de Projetos

Completam a estrutura as oficinas de Caldeiraria, Soldagem (24 cabines com todos os processos), Instalações Elétricas, Comandos Elétricos e Manutenção Mecânica. Também há Laboratórios de Eletrônica Analógica e Digital, Hidráulica e Pneumática, Informática (três salas), Metrologia e Normas Regulamentadoras, além de 12 salas de aula convencionais.

Em Paulínia, Prof. Ricardo Terra recebe homenagem. Fotos Ayrton Vignola/Fiesp

Escola Senai Ricardo Figueiredo Terra, em Paulínia, tem área cinco vezes maior que prédio anterior.

Unidade matriculou 890 alunos em cursos de diversas áreas tecnológicas, tais como Automação, Manutenção Mecânica, Metalurgia, Eletroeletrônica, Química e Segurança do Trabalho.