• Cursos
  • Escolas
  • Site
  • Aprendizagem Industrial
  • Cursos Livres
  • Cursos Tecnicos
  • Faculdade
  • Pós-Graduação
  • Capital
  • Grande São Paulo
  • Interior

MCTI realiza chamada pública para desenvolvimento de parques tecnológicos em evento na Fiesp

A A A

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), o astronauta Marcos Pontes, apresentou o projeto que vai receber o investimento de R$ 180 milhões

14/12/2021

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) realizou nesta segunda-feira, 13/12, um evento de lançamento de chamada pública para a retomada e incremento de parques tecnológicos do Brasil, na sede da Fiesp, em São Paulo. O encontro contou com a participação do ministro do MCTI, astronauta Marcos Pontes, e de lideranças do ministério, que anunciaram o investimento de R$ 180 milhões no projeto.  

A abertura do evento foi conduzida por Ricardo Terra, diretor regional do SENAI-SP. “A chamada pública do MCTI e da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) – órgão pertencente ao MCTI - destina recursos do Fundo Nacional para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) especificamente para fomentar parques tecnológicos em operação e em implementação no Brasil”, pontua.  

José Gontijo, diretor de Ciência, tecnologia e Inovação Digital do MCTI, explica qual o papel dos parques tecnológicos: “incentivar e apoiar as startups, incubação de novos negócios liderados pela inovação, promover o ambiente inovador e aberto ao investimento, estimular a parceria e interação entre empresas e ICTs, ter vínculos formais e operacionais com centros de inovação – buscando formar essa tripla hélice entre governo, pesquisador e empresa -, e sinergia para criação de conhecimento e riqueza, transformando ´paper em nota fiscal´, como o ministro gosta sempre de dizer”. 

Gontijo completa que, até 2014, todos os Parques Tecnológicos atuaram na área de Tecnologia da Informação; mas em 2021, teve um crescimento muito grande na área de Biotecnologia, pela necessidade do País investir mais por conta da pandemia Covid-19.         

 O evento contou com a presença do diretor regional do SENAI-SP, Ricardo Terra, diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação Digital do MCTI, José Gontijo, secretária de Articulação e Promoção da Ciência do MCTI, Christiane Corrêa, do ministro do MCTI, astronauta Marcos Pontes, e de lideranças do ministério e da Finep

O diretor Científico e Tecnológico da FINEP, Marcelo Bortolini, falou sobre a atuação da instituição, que já atendeu 59 ações de fomento de 2002 a 2020. “Na última década, o total de recursos destinados aos projetos de Parques Tecnológicos foi de R$ 169,3 milhões. Só essa chamada que estamos lançando, hoje, equivale a um valor maior do que foi investido nos últimos dez anos”.  

Serão R$ 180 milhões, dos quais R$ 100 milhões são destinados aos parques tecnológicos operacionais, que são aqueles que abrigam cinco ou mais empresas, e R$ 80 milhões para projetos em fase de implementação. A última chamada pública para parques tecnológicos foi realizada em 2013.  

O ministro Marcos Pontes ressalta a importância da retomada de investimentos. “Estamos tirando do papel ações que estavam paradas há muito tempo,” explica. “Os parques tecnológicos do Brasil são polos de inovação que geram conhecimento e transformam a pesquisa científica em riqueza, empregos e nota fiscal”. O ministro ressalta ainda que a realização do evento na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), uma das principais instituições representativas do setor privado no Brasil, “simboliza o esforço do Governo Federal por meio do MCTI de se aproximar do setor produtivo e aprimorar o ecossistema de inovação no País”. 

Quer saber mais sobre essa chamada pública para o fomento de parques tecnológicos, acesse finep.gov.br.